OKI ganha Prêmio de Inovação de Associação da Indústria de ATMs

Prêmio reconhece contribuições para os avanços na tecnologia de reciclagem de notas

 

Em reconhecimento às suas contribuições para a tecnologia de reciclagem de notas, o Grupo OKI foi agraciado com o Prêmio de Prata durante a edição 2017 do ATM & Cash Innovation Europe, um evento realizado em Londres em 13 de junho. Organizado pela ATM Industry Association (ATMIA), o prêmio comemorou o 50º aniversário da primeira instalação mundial de um ATM, que ocorreu em Londres em 1967.

 

A OKI foi reconhecida como importante empresa do setor, devido ao pioneirismo no desenvolvimento da primeira tecnologia de reciclagem de notas do mundo e pela implantação dos primeiros caixas eletrônicos recicladores no mercado japonês em 1982, além de assumir um papel de liderança em inovações tecnológicas em ATMs.

 

Em 2009, a OKI lançou o ATM-Recycler G7, um ATM reciclador de notas capaz de lidar com moedas de vários países. Desde então, o ATM reciclador de notas tem sido adotado no mercado internacional, que até a sua introdução era dominado por ATMs dispensadores de notas. O ATM-Recycler G7 é atualmente usado em 14 países e regiões ao redor do mundo. E, no Brasil, a tecnologia de reciclagem de notas foi incorporada aos ATMs da linha Adattis e ao TCR-TG7, equipamento reciclador de notas voltado aos ambientes de caixa e tesouraria dos bancos, fabricados pela empresa no país.

 

Indo adiante, apoiada em sua trajetória de sucesso e na confiança que conquistou no campo da tecnologia de reciclagem de notas, a OKI continuará a impulsionar o crescimento do mercado e oferecer soluções para aumentar o valor agregado dos ATMs em resposta às futuras mudanças nos meios de pagamento.