OKI Brasil leva eficiência operacional e tecnologia de ponta para o CIAB FEBRABAN 2014

Com foco em promover os temas eficiência operacional, segurança e comodidade, a OKI Brasil traz para o CIAB FEBRABAN 2014, um dos maiores e mais importantes eventos do mercado financeiro e da área de Tecnologia da Informação da América Latina, que acontece em São Paulo, entre os dias 4 e 6 de junho, uma série de soluções focadas em promover a agilidade nas operações das instituições financeiras e uma experiência mais rica para os correntistas.

Esta abordagem mostra como a tecnologia pode atuar dentro e fora do ambiente de agência, possibilitando novas interações tanto com clientes como não clientes dos bancos. As soluções oferecem também mais agilidade às operações ao combinar aspectos de mobilidade, fluxo de informações e atendimento, sempre com foco nas necessidades do setor financeiro.

"Pela combinação de tecnologias de classe mundial com o profundo conhecimento do mercado brasileiro, a OKI Brasil busca desenvolver equipamentos e serviços que proporcionam eficiência aos negócios bancários e praticidade para o usuário, antecipando as necessidades dos bancos e de seus clientes. Para prover as melhores soluções, a companhia investe cada vez mais em inovação e aprimora sua forte capacidade de integração tecnológica. No ano de 2014, nosso objetivo é mostrar soluções voltadas para maior segurança no ambiente bancário e integradas com o uso de dispositivos móveis. Especificamente para as agências, a OKI Brasil oferece tecnologias que otimizam o uso do autoatendimento, mobilidade e mecanismos de controle de acesso", comenta Wilton Ruas, diretor-geral da OKI Brasil.

No CIAB FEBRABAN 2014, a OKI Brasil estará presente com as mais novas soluções de ATMs, biometria, tesouraria e terminais de caixa. O destaque no evento deste ano será a ATM Adattis Recycler, equipamento que permite que os depósitos feitos em dinheiro sejam creditados imediatamente, proporcionando maior eficiência operacional para os bancos com o reaproveitamento de cédulas depositadas. O uso deste tipo de equipamento permite ao banco baixar seus custos com o transporte de valores e, por conta da melhoria operacional, trazer mais conveniência para os correntistas. Além disto, os mecanismos recicladores da OKI Brasil, que conta com uma tecnologia própria, oferecem adicionalmente benefícios como alta disponibilidade no equipamento, alta velocidade de contagem de notas e elevada taxa de reconhecimento das cédulas, uma vez que o mecanismo pode validar se as cédulas são verdadeiras ou falsas.

Além disto, os cassetes (repositórios de notas) da Adattis Recycler são intercambiáveis com outros equipamentos OKI como o TCR TG7 (reciclador para o ambiente dos caixas de banco) e o Cash Filler, equipamento para tesourarias que agiliza a reposição de notas dentro do ambiente bancário. Este é um importante diferencial OKI, uma vez que este ecossistema reciclador traz enorme agilidade para os bancos e melhores níveis de serviço para os correntistas. Como exemplo, podemos imaginar uma situação onde há uma ATM com poucas notas e um TCR no caixa completamente abastecido: ao final do expediente bancário, o gerente da agência pode optar por transferir os cassetes do TCR para a ATM, sem precisar recontar as notas, tornando-as disponíveis para saque dos correntistas.

Outro produto exposto é a ATM Addatis 2UserS. Com apenas um cofre, CPU e dispensador de notas, o equipamento atende dois clientes simultaneamente, como se o banco contasse com dois caixas eletrônicos, baixando os custos operacionais. O equipamento também tem um design em que o cofre fica recuado atrás de paredes reforçadas, diminuindo o risco de arrombamento por explosões.

Já a ATM Adattis Mobicash permite agilizar operações de saque, com o uso de smartphones e da tecnologia NFC (Near Field Communication), pelo qual uma retirada pode ser preparada no celular, autenticada por biometria de voz, e finalizada quando o cliente se aproxima do caixa eletrônico, mediante reconhecimento de sua impressão digital. Tudo isso preserva a segurança e privacidade do correntista. A integração com o celular, por sua vez, também se estende às ATMs Adattis Recyler e Adattis 2UserS: em ambas é possível iniciar a transação no celular e finalizar na ATM.

A empresa também apresenta sua plataforma de multibiometria, possibilitando combinar tecnologias de impressão digital, reconhecimento facial e de voz, que podem atuar de forma independente ou combinada. A proposta é que os bancos possam operar com mais de um sistema biométrico, a partir de suas estratégias. Isso permite usar a biometria na substituição ou complementação de sistemas de cartões e senhas, proporcionando ao cliente uma maior segurança e comodidade.


EXPOSIÇÃO DE SOLUÇÕES

Em seu estande, a OKI Brasil exibirá soluções e equipamentos dedicados a buscar ganhos operacionais e flexibilidade para as operações financeiras; prover uma melhor experiência para o cliente; aumentar a produtividade e segurança nos ambientes bancários.

Confira abaixo algumas das principais soluções apresentadas no CIAB 2014:


SOLUÇÕES EM ATMs 


Adattis Recycler:
equipamento proporciona grande economia operacional para os bancos por meio do reaproveitamento de cédulas depositadas. O caixa eletrônico reconhece e certifica as notas, além de permitir que os depósitos, que podem ser feitos em maços de notas, sejam creditados em tempo real. Além disto, seus cassetes (repositórios de notas) são intercambiáveis com outros equipamentos da OKI Brasil, como o TCR TG7, um aparelho reciclador para uso em ambientes de caixa, e o Cash Filler, um aparelho para carga de notas em cassetes no ambiente de tesouraria. Este é um diferencial exclusivo da OKI Brasil, pois este ecossistema de reciclagem de notas, com cassetes intercambiáveis, dá aos gerentes das agências enorme agilidade nas reposição de dinheiro, reduzindo drasticamente erros de contagem na manipulação de notas.

Adattis Mobicash - ATM para operações rápidas, incluindo saque. Com patente requerida no Brasil, essa solução permite que o usuário inicie a transação de saque no smartphone e, após autenticação biométrica por voz, finalize-a rapidamente no Mobicash. Desta forma, a operação pode começar fora do ambiente bancário, com mais privacidade, segurança e comodidade ao cliente. Depois, basta aproximar o celular da interface da ATM (com a tecnologia NFC: Near Field Communication) e validar a operação biometricamente com a impressão digital para liberar o saque.

Adattis 2UserS - ATM de última geração, desenvolvido no Brasil, combina um único cofre, uma CPU e um dispensador de notas para dois pontos de atendimento ao cliente. O novo caixa eletrônico proporciona grande economia operacional para os bancos e maior proteção contra a ação de bandidos: a 2UserS traz um recuo do cofre atrás de uma parede reforçada, dificultando as ações de arrombamento por explosão que se tornaram tão corriqueiras e que colocam em risco a infraestrutura dos bancos e a segurança dos usuários. A comunicação entre cofre e pontos de atendimento é feita por meio de mecanismos proprietários, desenvolvidos pela OKI Brasil, que alimentam os dispensadores de notas em operações de saques, mantendo nível de serviço igual ao de duas ATMs convencionais.

Adattis CX3 - ATM voltada a trazer os benefícios do autoatendimento para não-correntistas do banco. Traz comodidade e agilidade pois permite o pagamento de contas com dinheiro e troco em moedas. Além disso, a Adattis CX3 também apresenta uma funcionalidade adicional com operações de câmbio, permitindo a troca de cédulas em real e dólar por meio do equipamento.


SOLUÇÕES DE BIOMETRIA

Gestão de Identidade Multibiométrica
- um dos componentes da plataforma de Gestão de Identidade da OKI Brasil, a solução combina tecnologias de impressão digital, reconhecimento facial e de voz, que podem atuar de forma independente ou combinada. O uso combinado de duas ou mais biometrias aumenta a segurança nas operações para correntistas e para os bancos, podendo agilizar as operações no ambiente de caixa e em ATMs, dando mais conforto e comodidade ao correntista.

Coleta Biométrica - a solução permite a abertura de contas e o cadastramento de informações biométricas dentro e fora da agência. A operação é feita em um tablet com o sistema operacional Android, que coleta impressão digital e a assinatura digitalizada do cliente, sem que ele precise ir à agência. No CIAB 2014, a coleta biométrica será combinada com a digitalização de documentos, feita em conjunto com a multifuncional OKI Data MPS5502mb, também em ambiente fora da agência.


SOLUÇÕES DE AGÊNCIA E TESOURARIA

TCR TG7
- o TCR TG7 (Teller Cashier Recycler, reciclador para ambiente de caixa) é um reciclador de notas que fica entre dois atendentes de caixa. Com um bocal de entrada e dois de saída, permite aos operadores grande agilidade em depósitos de notas, com todas as vantagens dos recicladores, como o reaproveitamento de depósitos para futuros saques e, como diferencial OKI, uma maior velocidade na contagem de notas e em sua validação (o mecanismo checa se a nota é verdadeira ou falsa). Seus dois bocais de saída também dão grande agilidade ao permitir que duas pessoas operem o equipamento simultaneamente. Seus cassetes também são compatíveis com a ATM Adattis Recycler e com o Cash Filler da OKI, compondo o ecossistema de reciclagem de notas OKI.

Cash Filler - o equipamento é utilizado no carregamento dos cassetes que armazenam as cédulas para utilização nas tesourarias, minimizando a necessidade de contato humano com as notas. A solução é responsável pela contagem, classificação e validação das notas, diminuindo os erros operacionais e proporcionando mais segurança e produtividade para o ambiente de tesouraria. Seus cassetes são compatíveis com a ATM Adattis Recyler e o TCR TG7, compondo o compondo o ecossistema de reciclagem de notas OKI.

Security Pass - solução desenvolvida pela OKI Brasil e com patente requerida, assegura que apenas pessoas autorizadas tenham acesso ao ambiente de tesouraria nos horários programados. Um conjunto de câmeras e sensores organiza e monitora o acesso à tesouraria, realizando a contagem automática de pessoas por meio da biometria. Empregando o mecanismo Kinnect PRO da Microsoft, a solução identifica se há uma ou mais pessoas na entrada da tesouraria, em momentos onde só deveria haver uma. Neste caso, o colaborador do banco pode estar sendo coagido. A solução identifica a anormalidade e pode disparar ações como um alerta às centrais de segurança ou o travamento remoto da porta da tesouraria e dos cofres, por exemplo.


SOLUÇÕES EM SOFTWARE

Além das soluções de atendimento aos correntistas, a OKI Brasil também demonstra no CIAB 2014 as suas soluções SIGA, de gestão de atendimento, Automanager, de gestão de processos e ativos e OKI Middleware, de integração.

SIGA - Sistema Integrado de Gestão de Atendimento da OKI Brasil, permite ao banco gerenciar o atendimento e as filas nas agências. Traz ainda um módulo pelo qual o cliente faz a união da mobilidade com os serviços da agência, agendando um atendimento a partir do celular, o que permite um importante ganho de tempo na relação com o cliente.

Automanager - é uma ferramenta de gestão de ativos e de processos que executa funções como o monitoramento em tempo real da infraestrutura tecnológica do banco. Ela faz uma varredura em tempo real de equipamentos e processos e dispara alertas quando há ocorrências que causem a interrupção no funcionamento de um equipamento, permitindo disparar manutenções preventivas ou corretivas, garantindo alta disponibilidade nos equipamentos e processos.

OKI Middleware - trata-se de uma solução para integração de novas tecnologias. Criado com base em uma arquitetura orientada a serviços (SOA), o OKI Middleware facilita a integração de componentes de hardware ou software no ambiente financeiro, tornando mais amigável a adoção de novas tecnologias e dispositivos. Em um ambiente em constante mudança, esta é uma valiosa ferramenta para as instituições financeiras.