OKI Brasil anuncia nova estrutura executiva

OKI Brasil anuncia nova estrutura executiva

 

Com o objetivo de ampliar a eficiência e fortalecer a competitividade no País, a OKI Brasil anuncia importantes alterações em sua estrutura organizacional, válidas a partir de 1º de abril de 2016.

 

Wilton Ruas, antes diretor geral da OKI Brasil, assume o cargo de Presidente e CEO da empresa, sucedendo Yoshiyuki Nakano, que voltará ao Japão. Ruas é engenheiro eletrônico pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), com MBA Executivo Internacional pela Universidade de São Paulo (USP), Executive Leadership Program da University of Pittsburgh (EUA) e cursos de especialização em Inovação na Harvard Business School (EUA). O executivo liderará a OKI Brasil em uma nova fase, na qual ela atuará em três unidades de negócios - Automação Bancária, Automação Comercial e Serviços de TI. A empresa também consolida, em uma única diretoria, as áreas de Recursos Humanos, Comunicação e Sustentabilidade.

 

Outra mudança é que o executivo japonês Hiroshi Tomizawa deixa a Vice-Presidência de Planejamento e assume o cargo de Diretor Geral e COO da empresa. Tomizawa trabalha no Grupo OKI há 31 anos e é formado em engenharia elétrica pela Universidade de Tóquio, com especialização em desenvolvimento de softwares para telecomunicações pela Universidade de Stanford (EUA). O executivo está no Brasil desde o início das operações da OKI Brasil, em janeiro de 2014.

 

Diretorias

 

Milton Noguchi, formado em engenharia pelo ITA, que respondia pela Diretoria de Desenvolvimento, assume a direção da Unidade de Negócios de Automação Bancária, coordenando as ações comerciais e de desenvolvimento da área. Dentre seus objetivos está a implantação de produtos com tecnologia de reciclagem de notas (segmento no qual o Grupo OKI oferece a mais avançada tecnologia do mundo), como ATMs e equipamentos para retaguarda dos bancos. Softwares e soluções de segurança e biometria também fazem parte do portfólio a ser destacado em 2016. As operações administradas por Noguchi estão no Brasil, México, Argentina e Paraguai.

 

Flávio Gomes Montezuma, engenheiro eletrônico graduado pela USP, com extensão no Executive Leadership Program da University of Pittsburgh (EUA), e que já atuava como diretor comercial de Automação Comercial na OKI Brasil, amplia suas responsabilidades e assume também a direção da Unidade de Negócios de Automação Comercial. Com isso, o executivo também fica responsável pela área de desenvolvimento de novas soluções, além de liderar as atividades comerciais da empresa no Brasil, em Portugal e na Espanha. Montezuma acumula larga experiência no mercado de TI e terá como principal missão manter a liderança da OKI Brasil no segmento de grandes varejistas, ampliando o portfólio de produtos, além de aumentar a participação nos médios e pequenos varejistas.

 

Carlos Guilherme Pereira da Costa, que tem formação em engenharia de produção pela FEI e especialização em engenharia da qualidade pelo Juran Institute (EUA), deixa a direção da unidade industrial da OKI Brasil em Jundiaí e passa a coordenar a Unidade de Negócios de Serviços de TI. Sua missão é de dar continuidade ao processo de aprimoramento da qualidade de atendimento nos mercados de atuação já consolidados pela empresa, em 5000 municípios no País, e ampliar as atividades da Unidade de Serviços em gestão de ciclo de vida de TI, terceirização da cadeia de pós-vendas e em redes, infraestrutura e telecom.

 

Finalmente, Romilson Bastos, administrador de empresas pela USP, com MBA pela Kellogg School of Management e 25 anos de experiência em marketing, amplia sua área de atuação na OKI Brasil, onde era responsável por Marketing e Comunicação, passando a responder também por Recursos Humanos e Sustentabilidade. A nova Diretoria de Comunicação, Recursos Humanos e Sustentabilidade tem como desafio obter a máxima sinergia entre essas disciplinas e ampliar a competitividade da empresa baseada em pessoas e numa cultura focada em resultados e melhoria contínua.